Quarta, 19 de Janeiro de 2022
33 999 509 609
Esportes Esportes

Vôlei sentado: Sesi conquista tetracampeonato brasileiro masculino

Paulistas se impõem e asseguram terceiro título em cima do Vasco

03/12/2021 19h20
98
Por: Redação Fonte: EBC

O Sesi-SP conquistou nesta sexta-feira (3) o tetracampeonato brasileiro masculino de vôlei sentado ao derrotar o Vasco por três sets a um, com parciais de 25/12, 25/14, 23/25 e 25/10. A competição teve início em 29 de novembro e reuniu 12 equipes no Centro de Treinamento Paralímpico, em São Paulo.

Os títulos anteriores da equipe de Suzano (SP) vieram em 2017, 2018 e 2019 - por causa da pandemia de coronavírus (covid-19), o Brasileiro não foi realizado em 2020. Os dois primeiros também foram em cima do Cruzmaltino, enquanto o último havia sido sobre o Corinthians/Instituto Ética.

Variando as jogadas, o Sesi não deu chances ao Vasco e abriu dois sets de frente. Na terceira parcial, chegou a ter 19 a 15 no placar, mas o Cruzmaltino conseguiu a virada, fechando em 25 a 23. A reação, porém, parou aí. Na sequência os paulistas repetiram o roteiro do começo do jogo, construindo uma larga vantagem rapidamente, superior a dez pontos, abatendo os cariocas. Uma pancada do levantador Renato Leite, na saída de rede, definiu o set em 25 a 10 e garantiu o tetra ao time comandado por Célio Mediato, técnico da seleção brasileira masculina na Olimpíada de Tóquio (Japão).

Na primeira fase o Sesi venceu os seis jogos que disputou e perdeu apenas um set, na última rodada, na vitória por três a um sobre o Instituto de Promoção do Paradesporto (IPP-PR), de Curitiba. No mata-mata, o time paulista bateu o Instituto Reagir-PR, de Pinhais (PR), nas quartas de final, e o Paulistano/Instituto Ética na semifinal, após uma batalha de cinco sets. O Paulistano, aliás, assegurou o terceiro lugar do Brasileiro ao ganhar do IPP por três sets a zero, também nesta sexta, com parciais de 26/24, 25/23 e 25/19.

Em novembro, o Sesi já havia assegurado o título do Brasileiro feminino de vôlei sentado, realizado em Ourinhos (SP), ao superar a Associação dos Deficientes Físicos de Aparecida de Goiânia (Adap-GO) na decisão.

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias