Sexta, 05 de Março de 2021
33 999 509 609
Polícia 2 mil de prejuízo

Mulher finge ser promotora e aplica golpe em vereador

Durandé

27/01/2021 09h23
848
Por: Redação
Mulher finge ser promotora e aplica golpe em vereador

O golpe praticado nesta terça-feira, 26/01, já é conhecido especialmente nos órgãos públicos. Infelizmente, em Durandé, a golpista conseguiu enganar um vereador e um motorista e ficou com 2 mil reais.

A história sempre é uma suposta autoridade pedindo ajuda para um carro com defeito ou um deslocamento. Ela liga para prefeituras, câmaras e outros órgãos.

Nesta terça, por volta de 08h30min, a autora identificada como senhora Manuela Montanari Cortes entrou em contato com um vereador pelo telefone fixo da Câmara de Durandé e se identificou como Promotora de Justiça, solicitando o contato de um motorista para ela quando fosse comparecer naquela cidade. Segundo o vereador, ele indicou o motorista e passou o telefone de contato.

Já o motorista contou que, por volta de 08h50min, a senhora Manuela ligou para ele e identificou como promotora de justiça, dizendo que havia entrado em contato com ele através da indicação do vereador, solicitando o serviço de motorista e escolta dela, já que ela iria precisar fazer uma visita ao município de Durandé.

Em seguida, a golpista Manuela pediu os dados do veículo, carteira de motorista e dados da conta bancária para receber pelo suposto serviço. Além disso, ela solicitou que ele comprasse água, álcool em gel, máscara, uma caixa térmica e gelo para ser usado na visita.

Ainda na história de cobertura, a golpista Manuela fez uma transferência no valor de R$ 3.350,00, sendo que R$1.200,00 era para o serviço de motorista dele, R$ 150,00 para a compra de utensílios e R$ 2.000,00 de escolta. Só que o golpe veio nessa parte: a golpista falou que errou a conta e transferiu os dois mil da escola para ele e então pediu para que depositasse na conta que ela havia informado, pois era referente ao pagamento do serviço de escolta.

O motorista procurou o vereador e assim foram até a lotérica da cidade realizando o depósito de R$2.000,00 na conta da Caixa Econômica Federal, agência 1394, conta 45640-1, em nome de Carla Sales dos Santos.

Após o depósito do valor, ninguém conseguiu contato com a suposta promotora, percebendo então que se tratava de um golpe. O depósito feito por ela era falso.

Os dados informados pela golpista que diz se chamar Manuela Montanari Cortes na suposta transferência de R$3.350,00 em transação realizada no banco Bradesco para conta do motorista foram: banco Bradesco, agência: 1147 e conta corrente: 40914-6, CPF 045.534.982-36. O número de telefone utilizado pela golpista foi 062 99489-8078.

Os dados informados das agências bancárias (Bradesco e Caixa) são da cidade de Goiânia-GO.

A PM apurou outras duas ocorrências com tentativa do mesmo golpe.

Redação do Portal Manhumirim

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias