Sexta, 23 de Abril de 2021
33 999 509 609
Dólar comercial R$ 5,51 0.95%
Euro R$ 6,65 +1.45%
Peso Argentino R$ 0,06 +0.88%
Bitcoin R$ 290.127,42 -3.93%
Bovespa 120.245,95 pontos +0.73%
Economia Economia

Vinci Airports vai controlar 7 aeroportos do Norte por R$ 420 milhões

Valor oferecido para assumir os terminais é 70% inferior às expectativas do governo para a concessão do Bloco Norte

07/04/2021 11h20
43
Por: Redação Fonte: R7
Aeroporto de Manaus (AM) foi um dos concedidos - (Foto: Flickr/Infraero)
Aeroporto de Manaus (AM) foi um dos concedidos - (Foto: Flickr/Infraero)

A empresa Vinci Airports conquistou o direito de assumir o controle de sete aeroportos da região Norte pelo período de 30 anos. O arremete pelo valor de R$ 420 milhões foi feito nesta quarta-feira (7), durante a abertura da Semana de Infraestrutura, do Ministério da Infraestrutura.

A previsão inicial do governo era arrecadar R$ 1,4 bilhão com a concessão do Bloco Norte, composto por sete dos 22 aeroportos ofertados para a iniciativa privada na Semana da Infraestrutura.

Integram o Bloco Norte os aeroportos de Manaus (AM), Tabatinga (AM), Tefé (AM), Rio Branco (AC), Cruzeiro do Sul (AC), Porto Velho (RO) e Boa Vista (RR). Juntos, os 22 terminais a serem concedidos nesta 6ª rodada de concessões aeroportuárias respondem pelo tráfego de 24 milhões de passageiros todos os anos.

A expectativa do governo ao longo dos três dias da Semana da Infraestrutura é atrair R$ 10 bilhões e gerar 200 mil empregos com as obras e melhoria dos serviços oferecidos e logística da economia brasileira.

Nesta quinta-feira (8), será colocada a disposição o primeiro trecho da Ferrovia de Integração Oeste-Leste. O prazo de concessão será de 35 anos. E, na sexta (9), serão ofertados os portos do Maranhão e do Rio Grande do Sul.

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias