Terça, 11 de Maio de 2021
33 999 509 609
Dólar comercial R$ 5,22 -0.18%
Euro R$ 6,35 -0.11%
Peso Argentino R$ 0,06 -0.29%
Bitcoin R$ 313.137,87 +1.747%
Bovespa 122.964,01 pontos +0.87%
Economia Referência

Reaver Recursos de Multas amplia e moderniza unidade em Manhuaçu

Novidades aos clientes

04/05/2021 08h04
236
Por: Redação
Reaver Recursos de Multas amplia e moderniza unidade em Manhuaçu

Ao completar cinco anos no mercado, a empresa Reaver Recursos de Multas investe em modernização tecnológica e ampliação de suas instalações para garantir conforto aos funcionários e clientes, e estrutura para atendimento da demanda. Com uma trajetória invejável de crescimento na prestação de serviços de regularização de veículos e condutores, a unidade principal, que nasceu em Manhuaçu, a princípio como um pequeno empreendimento, hoje possui escritórios em várias cidades e atende digitalmente em todo o território nacional.

 

Administrada pelas empresárias Caroline Marcial Ribeiro, Luciana Ribeiro e Camilla Marcial, a Reaver possui hoje mais de 25 funcionários que processam em torno de 1200 multas mensais, com um serviço totalmente personalizado e individualizado.“O cliente que nos procura, tem um acompanhamento até o final de todo o trâmite administrativo, tanto de suspensão quanto de cassação de CNH. Só em Manhuaçu já recorremos em mais de 100 permissões e nunca perdemos uma permissão ou uma carteira, alcançando hoje um índice muito bom de cancelamento”, destacou Caroline Marcial. “Buscamos também a qualidade na prestação do serviço, com um atendimento humanizado para que o cliente tenha a sensação de estar em família”, completou.

A empresa nasceu, a princípio, com a ideia de auxiliar na parte burocrática em relação a solicitações de recursos de multas administrativas. No entanto, os clientes passaram a necessitar de outros serviços e a empresa foi diversificando sua atuação para atender a demanda. Hoje a unidade de Manhuaçu atende com exclusividade algumas concessionárias para cuidar de emplacamento de veículos. “Também atuamos na reclassificação de monta, que é quando um cliente se envolve em acidente e precisa desse procedimento para não perder o valor monetário ou ter perda total do veículo”, exemplificou.

Com um leque de serviços amplo, a Reaver se tornou uma referência para assuntos relacionados a trânsito, atuando na prestação de serviço à comunidade gratuita, repassando orientações sobre CNH, renovações, deliberações, prazos e ausência de documentos. “A gente tem essa ampla área de serviços e não somente recursos de multas. Por isso costumo brincar dizendo que nos tornamos uma referência em assuntos de trânsito”, comentou destacando a prestação de serviço também à comunidade.

A base sólida da Reaver garantiu um crescimento rápido através da prestação de serviço sério e de qualidade. “Nosso serviço é 100 por cento dentro da lei. Durante muito tempo o recurso de multa foi visto como um jeitinho brasileiro, mas para a Reaver não existe o jeitinho brasileiro, o que existe é a forma correta, 100% legal de fazer o recurso”, destacou. Para garantir que esse crescimento seja acompanhado de atendimento personalizado e humanizado, as sócias realizaram novos investimentos com aquisição de computadores e softwares visando o fácil tramite e acompanhamento administrativo do recurso de multa. Além disso, a sede da empresa hoje, moderna e bem estruturada, é a imagem desse crescimento e base forte.

Crescimento acima da média

Com serviços cada vez mais requisitados, a Reaver expandiu e hoje o grupo está presente com escritórios nas cidades de Ipatinga, Ponte Nova e Curvelo. Novas unidades físicas devem ser abertas em breve também em outras cidades, conquistando mais clientes e gerando novos empregos. Além disso, destaque também para o crescimento digital, principalmente com a pandemia, com procura pelos serviços a nível nacional. “A gente vem com um crescimento anual muito acima da média das empresas da cidade e isso se deve principalmente ao meio digital. então a gente não atende só nas unidades físicas, mas também todos os estados do Brasil, digitalmente”, destaca Carol. Os serviços são procurados também por pessoas que estão no exterior e precisam de um acompanhamento em relação a situação do prontuário da CNH para que não fique irregular.

Avanço digital

Para o especialista de Trânsito da Reaver Recursos de Multas, Walter Marcial Filho, que atua na empresa com CNH e documentação de veículos, muitas mudanças, que estavam já planejadas e vinham ocorrendo de forma mais lenta, foram aceleradas com a pandemia do novo coronavírus, passando a documentação para o meio digital, tanto de motoristas quanto de veículos. “Tanto a CNH, que já havia sido transformada em digital, como o documento anual do veículo e agora também o recibo de compra e venda passaram a ser disponibilizados também pelo DETRAN no formato digital”, destacou Walter.

No caso de venda de veículo agora, há novos trâmites para a transferência de propriedade e a Reaver está capacitada para instruir quem precisa. O recibo de compra e venda, que era conhecido como CRLV – Certificado de Registro e Licenciamento de Veículos, agora é chamado ATPVE – Autorização de Transferência de Propriedade de Veículo Eletrônica. “Quem for vender o veículo agora deve ir no órgão eletrônico do Detran comunicar a transferência e dados do futuro proprietário, a quilometragem para efeito de fiscalização e numero eletrônico do recibo de compra e venda”, explicou. O recibo de transferência físico não é mais emitido e agora, quando uma pessoa adquire um veículo automotor, recebe um código e quando for vender esse veículo, lança o número na chamada ATPVE.

Alterações no Código de Trânsito

Durante a entrevista, Carol Marcial falou também sobre as recentes alterações no Código de Trânsito Brasileiro através da lei 14071/20, que passaram a valer no dia 12 de abril. Destaque especial para a carteira remunerada, que ocorreram várias alterações, e também a quantidade pontos que o motorista pode perder. Uma mudança significativa foi em relação à quantidade de pontos para a suspensão do direito de dirigir que passou de 20 para 40. Apesar do aumento na pontuação parecer trazer mais tranquilidade, algumas particularidades precisam ser observadas como a forma escalonada. Em vez de liberar os 40 pontos de forma indiscriminada, a flexibilidade vai seguir uma escala: 40 pontos apenas para condutores sem nenhuma infração gravíssima nos 12 meses anteriores; 30 pontos para aqueles que tiverem apenas uma infração gravíssima no prontuário durante o mesmo período; e 20 pontos para motoristas com duas ou mais infrações gravíssimas. “O motorista não pode ter multas gravíssimas em seu prontuário. Se tiver, ele retorna ao limite de 20 pontos normais”, destacou Carol.

Outra mudança é em relação ao exame de aptidão física e mental para renovação da CNH, que agora pode ocorrer a cada 10 anos, caso o motorista tenha menos de 50 anos. Para motoristas com idade entre 50 e 70 anos, a validade é de cinco anos e para quem tem idade acima de 70 anos, de três anos.No entanto, Carol lembra que o exame toxicológico para os motoristas com carteira remunerada passa a ser exigido em um prazo de dois anos e meio. “Quem não renovar o exame será automaticamente penalizado com uma multa de R$ 1.467,00 que é gravíssima, com sete pontos no prontuário, além de ter a carteira suspensa por três meses”, lembrou. Motoristas devem ficar atentos também em relação aos radares de controle de velocidade que vem sendo instalados em grande quantidade nas Rodovias Federais e Estaduais. “Quem temia que afrouxando a pontuação, aumentando de 20 para 40 para suspensão da carteira, poderia gerar mais acidentes, o governo vem também com novos radares e uma tentativa de impedir a imprudência nas estradas”, finalizou.

A Reaver Recursos de Multas funciona em novas e modernas instalações na Avenida Melo Viana, 289 (Em frente a Delegacia de Polícia) no Bairro Bom Pastor em Manhuaçu. Telefones para contato (33) 3331 8204 e 98461 4224.

Revista Mais

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias