Quinta, 16 de Setembro de 2021
33 999 509 609
Geral Minas Gerais

Oficinas de Linguagem Simples ampliam acessibilidade dos serviços públicos estaduais

Mais de 60 servidores da Rede Simplificação foram capacitados para simplificar a linguagem nos serviços prestados pelo Estado e nas comunicações internas

15/09/2021 17h50
37
Por: Redação Fonte: Secom Minas Gerais

A Secretaria de Estado de Planejamento e Gestão (Seplag)está promovendo Oficinas de Linguagem Simples, por meio da Diretoria Central de Simplificação e Modernização Institucional, para capacitar atores dos órgãos e entidades do Governo de Minasna simplificação da linguagem utilizada nos serviços estaduais. Três turmas já participaram, somando 66 integrantes da Rede de Simplificação do Estado. A próxima oficina está prevista para acontecer em outubro.

O objetivo das Oficinas de Linguagem Simples é tornar os documentos e textos mais acessíveis ao cidadão. De acordo com a diretora Central de Simplificação e Modernização Institucional da Seplag, Amanda Dias, a melhoria dos serviços públicos passa pela acessibilidade e pelo entendimento comum da mensagem que se pretende passar.

“A Rede de Simplificação é formada por servidores do Estado que atuam nos órgãos e entidades como agentes de simplificação, editores e editoras de conteúdo. Desenvolvemos uma metodologia de linguagem simples para melhoria dos serviços públicos com foco nos cidadãos e cidadãs, que é a simplificação de textos em duas frentes: a carta de serviços oferecidos pelo Estado e as comunicações internas”, explica Amanda Dias.

Durante os encontros, os participantes aprendem, na prática, a tornar a linguagem mais acessível, tendo como exemplos textos da carta de serviços estaduais, e-mails e ofícios recebidos pelos servidores, e revisam esses textos de acordo com a metodologia aprendida. Desta forma, eles podem multiplicar, internamente nos órgãos e entidades, o conhecimento adquirido, contribuindo para uma comunicação mais acessível para servidores e cidadãos. 

A diretora reitera que a simplificação da linguagem é um dos caminhos para a promoção da cidadania. “Falar de forma mais simples e acessível é promover cidadania, porque assim conseguimos expandir a nossa forma de comunicação para chegar em mais pessoas, independentemente da região onde elas vivem e do nível de escolaridade”, conclui.

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias